Bush diz que espera que a renúncia de Fidel Castro signifique uma "transição democrática"

O presidente americano, George W. Bush, disse esperar que o anúncio da renúncia de Fidel Castro signifique o início de uma "transição democrática" em Cuba.

A 'APOSENTADORIA' DO LÍDER
AFP
Líder cubano Fidel Castro deixa a presidência do país após 49 anos
LEIA MAIS
FRANÇA ESPERA 'MAIS DEMOCRACIA'
A TRAJETÓRIA DE FIDEL CASTRO
ÁLBUM DE FOTOS DA VIDA DE FIDEL
"Esse deve ser um período de transição, o começo de uma transição democrática para o povo de Cuba", afirmou Bush, durante entrevista coletiva na capital de Ruanda, Kigali.

Bush afirmou ainda esperar que a saída de Castro do poder leve à libertação dos presos políticos mantidos pelo regime cubano. "São pessoas que foram colocadas na prisão porque ousaram falar o que pensam."

O presidente americano também disse esperar que o país possa em breve ter "eleições livres e justas, não o tipo de eleição organizada pelos irmãos Castro".

Ele afirmou ainda que "os Estados Unidos vão ajudar o povo de Cuba a conseguir sua liberdade".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos