Polícia encerra caso Maddie, dizem jornais de Portugal

A imprensa portuguesa anunciou nesta terça-feira que o Caso Maddie será arquivado. A data para o arquivamento das investigações sobre o desaparecimento da menina inglesa Madeleine McCann é 14 de julho, quando todos os elementos do processo deixam de estar sob segredo de Justiça.

O Correio da Manhã afirma que o arquivamento do inquérito, que conta com 13 volumes de documentos, já foi acordado pela Polícia Judiciária de Portimão e pelo procurador do Ministério Público.

Segundo o Jornal de Notícias, os investigadores da Polícia Judiciária já consideravam encerrado o inquérito, tendo deixado de fazer diligências. O jornal afirma que o inquérito não chegou a nenhuma conclusão sobre o que teria acontecido com a menina inglesa, que tinha três anos de idade quando desapareceu. As principais suspeitas eram de que ela teria sido raptada ou de que houve homicídio com ocultação de cadáver.

O Correio da Manhã afirma que os pais de Maddie não serão acusados de abandono da filha nem de negligência.

Desaparecimento A inglesa Maddie McCann desapareceu do apartamento de férias alugado por seus pais na Praia da Luz, no Algarve, sul de Portugal, no dia 3 de maio de 2007. Seus pais estavam jantando com um grupo de amigos a 50 metros do apartamento.

Durante mais de seis meses, foram investigadas pistas de que ela poderia ter sido raptada por um vizinho, por uma rede de pedofilia ou até ter sido morta pelos próprios pais, que chegaram a ser considerados arguidos do processo - figura jurídica existente na lei portuguesa que significa possível réu. Segundo o jornal Correio da Manhã, não houve acusação por falta de provas contra Kate e Gerry McCann.

As buscas envolveram a polícia britânica e foram até alvo de conversas entre o primeiro-ministro britânico e o primeiro-ministro português, à margem de um encontro da União Européia. Durante os meses de agosto e setembro do ano passado, as notícias sobre o Caso Maddie repercutiram em jornais de todo o mundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos