Ataque suicida mata 12 pessoas no Paquistão

Pelo menos 12 pessoas morreram neste sábado na explosão de um carro-bomba no Paquistão, segundo autoridades do país.

O ataque suicida atingiu um posto de checagem paramilitar a 20 quilômetros noroeste da cidade de Peshawar.

O atentado ocorreu no dia das eleições presidenciais vencidas pelo viúvo da ex-líder oposicionista Benazir Bhutto, Asif Ali Zardari.

O ataque acontece também após três dias de contínuos ataques aéreos e incursões das forças lideradas pelos Estados Unidos em áreas tribais do Paquistão.

Cerca de 45 pessoas foram feridas na explosão, a maioria civis.

Um correspondente da BBC disse que o alvo do ataque era perto de um mercado, que foi parcialmente destruído, prendendo várias pessoas sob os escombros.

Segundo testemunhas, o responsável pelo ataque estava em uma pick-up.

"Eu vi o veículo estacionar perto do mercado, e então explodir", disse à BBC o proprietário de um hotel na área.

Por enquanto, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos