'Lulamania' está no auge no Brasil, diz jornal argentino

Uma reportagem do jornal argentino La Nación afirma nesta quarta-feira que "a Lulamania continua no auge" no Brasil.

O artigo se refere aos índices de aprovação do presidente Luis Inácio Lula da Silva, que atingiram o recorde de 77,7% na última pesquisa trimestral do instituto Sensus - superando o nível de 2003, quando chegou ao poder pela primeira vez.

A matéria aponta que Lula é o presidente "mais apreciado da história recente do Brasil, um país que cresce a um ritmo maior que 5% ao ano e que exerce uma marcada influência regional".

Os resultados deram cacife para o presidente apresentar em Nova York, na Assembléia Geral da ONU, a campanha "Brasil sensacional", de promoção turística.

O La Nación diz que a aprovação do governo Lula - 68,8% - se explica pelo bom ritmo econômico e os programas sociais que alcançam os estratos sociais mais pobres.

Entretanto, prossegue o artigo, a boa imagem de Lula, que seria "imbatível" na disputa por um terceiro mandato, não se estende a outros membros do PT.

Nas pesquisas, um candidato da sigla oficial correria o risco de sequer passar para o segundo turno.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos