Brasil indica seu primeiro embaixador na Coréia do Norte

O governo brasileiro indicou o diplomata Arnaldo Carrilho para o posto de embaixador em Pyongyang, capital da Coréia do Norte. Caso o nome seja aprovado pelo Senado, esta será a estréia da representação diplomática brasileira no país comunista.

Segundo o Itamaraty, a instalação da embaixada é conseqüência da intensificação das relações políticas entre os dois países nos últimos anos, sobretudo em função da maior abertura econômica que vem sendo adotada por Pyongyang.

"O principal interesse brasileiro na região é geopolítico", diz uma fonte do Itamaraty. O objetivo, segundo esse mesmo diplomata, é estar mais presente no processo de flexibilização política na Coréia do Norte e, assim, "poder contribuir para a normalização das relações (de Pyongyang) com outros países, como Coréia do Sul e Japão".

Comércio A inauguração da embaixada brasileira era uma demanda também do governo norte-coreano. "Eles reconhecem o Brasil como uma força consolidada na política sul-sul", diz a mesma fonte.

"Além disso, o país tem apoiado a campanha brasileira por um assento no Conselho de Segurança da ONU", afirma.

A relação diplomática entre os dois países tem apenas sete anos. Desde 2005, a Coréia do Norte tem sua embaixada instalada em Brasília.

O comércio entre os dois países é considerado modesto e não chegou a ser motivo para a instalação da embaixada, segundo o Itamaraty. Apesar disso, há potencial para maiores exportações brasileiras, principalmente em produtos agrícolas e alimentícios.

Em 2007, as exportações brasileiras para a Coréia do Norte somaram US$ 122 milhões. Neste ano, o acumulado até outubro foi de US$ 169 milhões. Arnaldo Carrilho será ainda sabatinado no Senado. Aos 71 anos, o diplomata de carreira já foi em embaixador em Bangcoc (Tailândia), além de ter atuado nos escritórios de representação brasileira em Sydney (Austrália) e em Ramallah (Cisjordânia).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos