Centenários têm maior propensão à depressão, diz estudo

Uma nova pesquisa americana indica que pessoas que conseguem chegar aos 100 anos de idade podem ter maior propensão à depressão.

Os pesquisadores da Universidade de Temple, na Filadélfia (Estados Unidos), analisaram 244 pessoas com 100 anos ou mais e descobriram que uma em cada quatro demonstrava sinais claros de depressão. Mas menos de um terço dos casos foram oficialmente diagnosticadas por um médico.

Os Estados Unidos têm cerca de 60 mil pessoas acima dos 100 anos de idade e o número deve quadruplicar, já que a expectativa de vida no país está aumentando e a geração que nasceu depois da 2ª Guerra Mundial deve chegar a idades mais avançadas.

Apesar disso, os estudos que se concentram totalmente em centenários são relativamente raros.

"Centenários ainda são raros, e a depressão ainda não foi totalmente estudada neste grupo", afirma Adam Davey, que liderou o estudo.

Mortalidade O estudo da Universidade Temple foi apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Gerontologia.

Segundo a pesquisa, 25% das 244 pessoas analisadas apresentavam níveis "clinicamente relevantes" de sintomas de depressão. Mas apenas 8% relataram que tiveram um diagnóstico do problema.

"Descobrimos que é um problema pouco diagnosticado entre as pessoas com mais de 100 anos, mas ainda é um dos problemas mentais que podem ser tratados mais facilmente", diz Davey.

"As pessoas que sofrem de depressão tendem a um risco maior de mortalidade, então é incompreensível observar altos números (da doença) entre os mais velhos", acrescentou.

Para Marjorie Wallace, da organização britânica Sane, que atua no setor de saúde mental, lembra que, quando não tratada, a depressão pode ter "conseqüências profundas".

"Com uma população cada vez mais envelhecida, é vital que os governos forneçam o tratamento adequado para a doença, não importando a idade da pessoa", diz Wallace.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos