Bangcoc: Aumenta tensão entre grupos pró e anti-governo

Milhares de manifestantes pró-governistas estão se reunindo para um protesto nas ruas de Bangcoc contra os oposicionistas que ocupam os dois principais aeroportos da capital tailandesa. Segundo os grupos que apóiam o governo, os manifestantes da Aliança Popular pela Democracia (PAD, na sigla em inglês) estariam promovendo uma "sabotagem econômica", pois o fechamento dos aeroportos, que já dura seis dias, está custando caro à economia do país. Os grupos dos governistas e oposicionistas ainda não se encontraram, mas há temores de que um eventual encontro dos manifestantes poderia gerar um conflito violento. Milhares de turistas continuam ilhados em Bangcoc por causa do bloqueio, que já custou à economia tailandesa cerca de US$ 4 bilhões. Os oposicionistas reivindicam a renúncia do primeiro-ministro Somchai Wongsawat, considerado um aliado do ex-premiê exilado Thaksin Shinawatra. Wongsawat, no entanto, se recusou a renunciar.

Tensão No sábado, houve uma escalada da tensão na capital depois que a explosão de uma granada dentro de um prédio do governo tailandês ocupado por manifestantes desde agosto deixou 46 pessoas feridas dentro Segundo o correspondente da BBC em Bangcoc Jonathan Head, o ataque está sendo considerado como um ato de retaliação pela ocupação dos aeroportos. A polícia tailandesa disse neste domingo que irá fazer um segundo alerta para os membros do PAD evacuarem o aeroporto. O primeiro-ministro já autorizou a polícia a retirar os manifestantes do local, mas os policiais afirmam que não usarão a força. De acordo com Head, poucos acreditam que a força já desmoralizada da polícia teria habilidade e vontade de invadir o terminal do aeroporto que continua fortemente controlado pelos manifestantes do PAD. Ele explica ainda que não se sabe por quê a polícia está tão relutante em acabar com a ocupação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos