Restaurante atingido por ataques reabre em Mumbai

Um dos primeiros lugares atingidos pelos ataques coordenados em Mumbai na última quarta-feira, o Café Leopold reabriu brevemente suas portas ao público neste domingo. Um dos proprietários do restaurante, Farzad Jehani disse que queria demonstrar ao mundo que os responsáveis pelos atentados perderam e que os comerciantes de Mumbai não serão tomados pelo medo e não fecharão suas portas. Por causa do grande movimento de pessoas que compareceram à reabertura do restaurante, a polícia ordenou o fechamento do local alegando questões de segurança. Famoso ponto de encontro de estrangeiros em Mumbai, o Café Leopold foi um dos locais onde homens armados abriram fogo na noite da última quarta-feira. Os extremistas também atacaram dois hotéis, um centro judaico, a principal estação ferroviária da cidade e um hospital. O hotel Taj Mahal Palace, fortemente atingido pelos ataques, deve permanecer fechado nos próximos meses. A população deixou flores do lado de fora do hotel e velas foram acesas em homenagem aos mortos. Ainda não se sabe o número exato dos mortos nos atentados. O ministério do Interior da Índia afirma que são 183 vítimas, mas informações das forças de segurança indicam que pelo menos 195 teriam morrido e quase 300 estariam feridas. O governador do Estado de Maharashtra, por sua vez, afirma que o número de mortos é de 172, mas que esse total pode aumentar caso mais corpos sejam encontrados nos hotéis atingidos pelos atentados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos