Obama confirma Hillary e diz que fez 'escolha certa'

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta segunda-feira a indicação da senadora Hillary Clinton como secretária de Estado de seu futuro governo.

Obama descreveu a senadora como "uma amiga, colega, fonte de conselhos e uma dura opositora durante a campanha".

O presidente eleito afirmou ainda que "não tem dúvidas" de que ela será a escolha certa para o cargo.

Obama e Hillary travaram uma das mais longas e acirradas disputas pela indicação presidencial durante a primária democrata, na qual trocaram pesadas acusações.

A indicação de Hillary já vinha sendo divulgada há vários dias pela imprensa americana, mas só foi confirmada oficialmente nesta segunda.

Para selar a nomeação de Hillary, foi necessário uma série de negociações entre seus assessores e a equipe do presidente eleito a respeito das atividades do marido da senadora - o ex-presidente Bill Clinton.

A fim de garantir que as doações recebidas pela fundação do ex-presidente para a sua biblioteca presidencial e para a fundação com o seu nome não entrassem em conflito com as atividades da secretária de Estado, Bill Clinton concordou em revelar, pela primeira vez, o nome de 200 mil doadores de quem já recebeu contribuições.

Republicanos A indicação de Hillary traz certa ironia, visto que a política externa foi um dos principais temas em que ela e Obama divergiram.

O presidente eleito havia criticado a senadora por ela ter inicialmente apoiado a guerra do Iraque, à qual ele sempre se opôs. Ao passo que Hillary acusou Obama de ser ingênuo por defender negociações sem precondições com líderes como o iraniano Mahmoud Ahmadinejad ou o cubano Raúl Castro.

O presidente eleito americano anunciou ainda que vai manter o atual secretário de Defesa, Robert Gates, no cargo.

Obama também confirmou a indicação do general aposentado James L. Jones como conselheiro de Segurança Nacional. Tanto Gates como Jones são republicanos. "Quando se trata de manter nossa nação segura, não somos nem democratas, nem republicanos, mas sim americanos", afirmou o presidente eleito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos