Eleitores escolhem novo presidente e Parlamento em Gana

Eleitores foram às urnas em Gana para eleger um novo presidente e um novo Parlamento no país que é apontado freqüentemente como um exemplo de bom governo na África.

Muitos chegaram cedo às zonas eleitorais. Ocorreram atrasos de cerca de uma hora em algumas áreas, pois os materiais para votação teriam chegado com atraso.

Mas, o observador-chefe da União Africana para as eleições no país, Salim Ahmed Salim, disse à BBC que, até o momento, a votação está progredindo sem problemas.

O presidente John Kufuor deixa o poder depois de cumprir o tempo máximo no cargo, dois mandatos, e a corrida eleitoral para sua sucessão está apertada.

Nana Akufo-Addo, que foi o ministro do Exterior no governo de Kufuor, é o candidato do Novo Partido Democrata. John Atta Mills, do partido de oposição Congresso Democrático Nacional, está disputando a presidência pela terceira vez.

Democracia De acordo com o repórter da BBC Grant Ferrett, sob o governo de Kufuor, Gana consolidou sua reputação como uma democracia pacífica e relativamente bem sucedida em uma região turbulenta e empobrecida.

A taxa anual de crescimento econômico do país é de mais de 5% e a expectativa é que esta taxa aumente ainda mais quando o país começar a extração de petróleo dentro de dois anos.

O governo fez campanha para conseguir os votos dos ganenses, mas a oposição afirma que a corrupção já é um problema grave do país e alerta que este problema poderá piorar quando as exportações de petróleo começarem.

Ferrett afirma que a eleição deve ser muito disputada e, se nenhum candidato conseguir mais de 50% dos votos neste domingo, o segundo turno deverá ser realizado no final de dezembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos