Irmãs britânicas geram novo 'bebê de três mães'

O menino que há três anos ficou conhecido na Grã-Bretanha como o "bebê com três mães", ganhou um irmão, gerado pelas mesmas três "mães".
  • Cortesia da família

    O segundo filho, Oliver

  • Cortesia da família

    Charlotte e Helen

  • Cortesia da família

    Charlie, Alex e Oliver


As mães são três irmãs. Uma delas é a mãe que adotou o menino e as outras duas são suas irmãs - uma doou um óvulo e a outra emprestou a barriga e gerou o bebê.

Alex Patrick, de 35 anos, foi diagnosticada com câncer cervical há sete anos e os médicos informaram que ela não poderia ter filhos.

No entanto, em 2005, suas duas irmãs - a gêmea Charlotte Pestell e a mais velha, Helen Ritchie, se uniram para ajudar Alex a ter o primeiro filho, Charlie.

Charlotte doou um óvulo, enquanto a outra irmã, Helen, permitiu o uso de seu útero para a gestação. O óvulo de Charlotte foi fecundado com um espermatozóide do marido de Alex, Shaun.

O primogênito, Charlie, nasceu em 2005 e, no ano passado, as irmãs se reuniram novamente para ajudar Charlotte a ter o segundo filho: Oliver, que nasceu em outubro.

Decisão
Nesta sexta-feira as irmãs deram a primeira entrevista desde o nascimento de Oliver a um programa de rádio da BBC.

Alex contou que ficou "com o coração partido" quando descobriu que não poderia ter filhos, mas resolveu não desanimar.

Ela disse que resolveu pedir o útero "emprestado" da irmã Helen depois de ter recebido uma carta na qual a irmã dizia que "faria qualquer coisa para ajudá-la".

"Guardei as cartas e as levei comigo quando fui conversar com a Helen e disse: 'Lembra que você perguntou se poderia me ajudar com alguma coisa? Eu queria seu útero emprestado, pode ser?'", contou Alex durante a entrevista.

Helen disse que sua primeira reação foi dizer "sim, sem problemas". No entanto, depois de pensar um pouco, percebeu que se tratava de algo muito importante.

"Analisamos bem a situação e decidimos que não havia nenhum problema", contou a irmã mais velha.

Charlotte, que doou os óvulos, disse que seu marido ficou preocupado com a situação, mas que o casal participou de sessões terapêuticas e de aconselhamento e decidiu ajudar Alex.

"É preciso analisar os prós e os contras. Os psicólogos tiveram que assegurar que não estávamos fazendo isso porque nos sentíamos pressionados, mas porque queríamos fazer", disse Charlotte.

Alex conta que o primeiro filho, Charlie, se parece muito com Charlotte.
"As pessoas dizem que dá para identificar algumas feições do meu marido, Shaun, mas que ele lembra muito a Charlotte. Ele realmente tem jeitos e faz algumas coisas que me lembram muito ela", disse Alex.

Oliver, o segundo filho, já está com 15 semanas. Segundo Alex, ele se parece mais com Shaun do que com sua irmã gêmea. "Os dois são garotos muito bonitos", disse ela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos