Obama pede união para 'aperfeiçoar' os EUA

O presidente eleito dos Estados Unidos Barack Obama iniciou sua viagem de Filadélfia a Washington, onde ocorrerá a posse no dia 20 de janeiro, com um discurso no qual pediu união de todos.

"Acredito que nosso futuro é nossa escolha e se pudermos nos reconhecer nos outros e unir todos: democratas, republicanos, independentes, norte, sul, leste oeste, negros, brancos, latinos, asiáticos, nativos americanos, gays e heterossexuais e deficientes... então isto não apenas restauraria a esperança e oportunidade onde são necessárias, mas talvez poderíamos aperfeiçoar nosso país no processo", afirmou.

Pouco antes de embarcar no trem que o levará por uma viagem que refaz a viagem do presidente Abraham Lincoln no século 19, Obama pediu que todos os americanos construam um país melhor.

"Começando agora, vamos levar para nossas vidas o trabalho de aperfeiçoar nosso país. Vamos construir um governo que é responsável com o povo. Vamos aceitar nossas responsabilidades como cidadãos para manter nosso governo responsável."
"Vamos fazer nossa parte para reconstruir este país, vamos garantir que esta eleição não é o fim do que fazemos para mudar a América, mas apenas o começo", acrescentou.

O presidente eleito lembrou dos problemas dos Estados Unidos e afirmou que o país precisa adotar novas formas de pensamento.

"Nossos problemas podem ser novos, o que é preciso para superá-los não é. O que é preciso é a mesma perseverança e idealismo que nossos fundadores mostraram."
"O que é preciso é uma nova Declaração de Independência, não apenas em nosso país, mas em nossas vidas. Independência de ideologia e pensamento estreito, independência de preconceitos e intolerância, independência do egoísmo", disse.

Viagem histórica
Assim como Abraham Lincoln antes de assumir a presidência dos Estados Unidos, a viagem de Barack Obama começou em Filadélfia, onde o presidente eleito, seguranças e um grupo da imprensa embarcaram em um trem de 80 anos de idade.

A viagem segue para Claymont, Delaware, onde o trem passará lentamente para que Obama possa acenar para o público. A parada será em Wilmington, para que o vice-presidente eleito Joe Biden e sua família se juntem à viagem.

Outra parada também está planejada para Baltimore, Maryland, onde Obama deve fazer um discurso para 100 mil pessoas.

Ainda sábado, a viagem deve chegar à Washington, onde, na terça-feira, Obama fará o juramento da posse.

Antes da posse, uma série de eventos deverá iniciar as comemorações.

No domingo Obama participará, junto com celebridades e cantores, de um concerto no Lincoln Memorial.

Na segunda-feira, o feriado de Martin Luther King, Obama, Biden e suas famílias participarão de atividades que visam encorajar cidadãos a ajudarem suas comunidades, em Washington.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos