Obama espera promulgar pacote em menos de um mês

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse em mensagem em vídeo divulgada neste sábado que espera promulgar o pacote de estímulo econômico no valor de US$ 825 bilhões em menos de um mês.

"Nós começamos este ano e esta administração em meio a uma crise sem precedentes que pede ações sem precedentes (...) eu propus um Plano Americano de Recuperação e Reinvestimento para acionar a criação de empregos assim como o crescimento econômico no longo prazo. Eu estou satisfeito de dizer que ambos os partidos no Congresso (Democrata e Republicano) já estão trabalhando duro neste plano e eu espero promulgá-lo em menos de um mês", afirmou o presidente neste, que foi o seu primeiro programa semanal como presidente.

Segundo Obama, o plano "deverá salvar ou criar de 3 a 4 milhões de empregos nos próximos anos".

O presidente americano prometeu investir "nas nossas mais importantes prioridades como energia e educação, assistência médica e uma nova infra-estrutura" que ele considera necessárias para manter o país "forte e competitivo no século 21".

Obama disse que vai "acelerar a criação de uma economia de energia limpa, dobrando a capacidade de gerar energia de fontes alternativas como eólica, solar e de biocombustíveis nos próximos três anos".

O presidente prometeu ainda muitas obras públicas, como a modernização de 10 mil escolas e de milhares de quilômetros de estradas.

Transparência Em seu pronunciamento, Obama prometeu ainda mais transparência nos gastos públicos.

"Eu entendo que alguns estão céticos em relação ao tamanho e escala deste plano de recuperação. Eu entendo este ceticismo, e é por isso que este plano de recuperação precisa e vai incluir medidas sem precedentes que vão permitir que o povo americano aponte minha administração como responsável por resultados", afirmou o presidente.

"Nós não vamos apenas jogar dinheiro em nossos problemas. Nós vamos investir no que funciona", disse Obama.

O presidente prometeu eliminar "o esbanjamento, a ineficiência e os gastos desnecessários no governo" e convidou os contribuintes americanos a acessarem o site www.recovery.gov para verificarem como os impostos são gastos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos