ONU evacua centenas de feridos em conflito no Sri Lanka

A Organização das Nações Unidas (ONU) evacuou nesta quinta-feira centenas de civis feridos do nordeste do Sri Lanka, onde tropas do Exército e rebeldes do grupo separatista dos Tigres Tâmeis travam violentos confrontos.

Um porta-voz da ONU, Gordon Weiss, afirmou que os feridos, incluindo 50 crianças, cruzaram a linha de frente e foram levados para um hospital na cidade de Vavuniya, no norte do país.

Weiss disse à BBC que os agentes da ONU na região viram dezenas de corpos e que a violência forçou cerca de 250 mil cingaleses a fugir para uma região pequena do território, onde estariam "presos". De acordo com o porta-voz, o norte do país enfrenta uma "crise humana".

Um correspondente da BBC que percorreu a região afirma que muitos civis abandonaram as vilas e fazendas da região por causa da violência.

Governo O secretário de Defesa do Sri Lanka, Gotabaya Rajapakse, negou que os confrontos tenham levado a uma crise humana. Rajapakse acrescentou que o governo rejeita qualquer acordo de cessar-fogo por razões humanitárias por avaliar que isso daria aos rebeldes tâmeis a chance de se reorganizar. "A intenção dessa ofensiva é erradicar os rebeldes", disse o secretário de Defesa. De acordo com as autoridades do país, as tropas continuam avançando na região e tomando o controle de diversos redutos dos rebeldes tâmeis.

O governo do Sri Lanka lançou uma ofensiva grande contra o grupo e prometeu derrotar o movimento rebelde, que luta pela independência da minoria étnica tâmil há cerca de 25 anos.

No domingo, as tropas cingalesas assumiram o controle da cidade de Mulaitivu, considerada uma importante base militar para os rebeldes. No início deste mês, o Exército já havia anunciado ter assumido o controle da cidade de Kilinochi, conhecida como a "capital" do movimento rebelde. Desde o início do confronto entre os rebeldes e o governo central, há cerca de meio século, cerca de 70 mil pessoas já foram mortas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos