Decisão da GM de não vender Opel agradou a alguns países europeus

Enquanto os 25 mil empregados da Opel na Alemanha protestam contra a decisão da GM de não vender sua subsidiária europeia, alguns países europeus com unidades da Opel acataram de forma positiva os novos planos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos