Justiça de Liechtenstein condena banco a indenizar sonegador alemão

Cidadão alemão argumenta não ter sido avisado com antecedência de que seus dados haviam sido roubados do banco. As informações acabaram sendo vendidas para o fisco da Alemanha. Ainda cabe recurso da decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos