GM desiste de garantias estatais para reestruturar a Opel

Uma semana depois de o governo alemão se recusar a conceder ajuda financeira, GM anuncia que usará somente recursos próprios para reestruturar a Opel. Plano de saneamento, que prevê corte de 8.300 empregos, será mantido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos