Polícia de Paris mata homem suspeito de portar explosivos

Policiais disparam contra homem que tentou entrar armado com uma faca numa delegacia e usava um cinto explosivo falso. Autoridades dizem que ele gritou "Alá é grande".

As autoridades francesas informaram nesta quinta-feira (07/01) que um homem foi morto a tiros ao tentar invadir uma delegacia de polícia no norte em Paris, logo após o meio-dia (hora local). Segundo a TV francesa iTele, o homem portava uma faca e, segundo dois policiais, tinha fios saindo de suas roupas.

Segundo o porta-voz do Ministério do Interior da França, o homem teria gritado "Alá é grande" e estaria vestindo algo que poderia ser um cinto com explosivos. Pouco depois, um policial declarou à agência de notícias Reuters que o cinto era falso, o que acabou sendo confirmado mais tarde pelo Ministério do Interior.

Uma testemunha disse à agência de notícias AFP ter ouvido "dois ou três disparos". O caso foi tratado como um potencial "ataque terrorista", e o esquadrão antibombas foi até a delegacia. Ainda não há informações sobre a identidade do suspeito.

A delegacia de polícia fica na Rue de la Goutte d'Or, no 18º arrondissement de Paris. A área tem um elevado índice de criminalidade.

O incidente ocorreu no aniversário dos ataques terroristas de 2015 ao semanário satírico Charlie Hebdo, pouco depois de o presidente François Hollande fazer um discurso em homenagem às vítimas.

No dia 13 de novembro, terroristas mataram 130 pessoas em ataques coordenados na capital francesa.

FF/afp/dpa/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos