Nevasca deixa ao menos nove mortos nos EUA

Tempestade Jonas avança na costa leste do país e ao menos nove morrem em acidentes de trânsito. Dez estados declaram situação de emergência e mais de 85 milhões de pessoas, em 20 estados, estão sob alerta.

Ao menos nove pessoas morreram nos EUA em acidentes de trânsito relacionados à tempestade Jonas, que avança na costa leste do país. Dez estados declararam situação de emergência e mais de 85 milhões de pessoas, em 20 estados, estão sob alerta neste sábado (23/01).

As mortes aconteceram na Carolina do Norte (cinco mortes), Tennessee (2), Kentucky (1) e Virgínia (1) entre quarta-feira e esta madrugada de sábado. A maioria dos acidentes ocorreu quando motoristas perderam o controle de seus carros por causa de gelo na pista e de ventos fortes.

As autoridades afirmam que a nevasca, a maior dos últimos anos, deverá causar até 90 centímetros de neve em algumas regiões e, ainda, inundações em áreas costeiras. A previsão é que a tempestade Jonas dure entre 24 e 36 horas, com ventos de até 96 km/h.

"Nós estamos tendo uma grande quantidade de acidentes", afirmou Pat McCrory, governador da Carolina do Norte. Cerca de 95 mil pessoas ficaram sem energia no estado, disseram funcionários dos serviços de socorro na rede social Twitter.

Os estados de Carolina do Norte, Virgínia, Maryland, Delaware, Pensilvânia, Kentucky, Virgínia Ocidental, Nova Jersey e Tennessee, além do Distrito de Columbia, onde se localiza a capital Washington, declararam estado de emergência. Mais de 2,4 mil voos foram cancelados neste sábado.

A tempestade deverá afetar por volta de 85 milhões de americanos, cerca de um quarto da população dos EUA e, quando terminar, deverá ter causado mais de 1 bilhão de dólares de prejuízo.

Em toda a costa leste, consumidores esvaziaram as prateleiras de supermercados para se preparar contra a tempestade, enquanto escolas e escritórios do governo em Washington foram fechados.

Se a neve cair em Washington como preveem as autoridades, poderá ser superado o recorde estabelecido em 1922 por uma tempestade que matou 100 pessoas depois do teto de um teatro desabar.

De acordo com a CNN, cerca de 133 mil pessoas ficaram sem energia elétrica em todo o sudeste do país.

FC/ap/afp/dpa/rtr/lusa/efe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos