Espanha prende sete suspeitos de ligações com organizações terroristas

Polícia espanhola detém supostos responsáveis por operar uma rede de fornecimento de material logístico aos grupos extremistas Frente al-Nusra e "Estado Islâmico".

A polícia espanhola deteve sete pessoas suspeitas por ligações às organizações terroristas Frente al-Nusra e "Estado Islâmico" (EI), anunciou neste domingo (07/02) o Ministério do Interior da Espanha.

Os sete homens foram detidos nas províncias de Alicante e Valência e na cidade de Ceuta, localizada num enclave espanhol no território do Marrocos. Cinco dos detidos são espanhóis de origem síria, jordaniana e marroquina. Os outros dois residem na Espanha e são um sírio e um marroquino, segundo um comunicado do ministério.

As detenções culminam uma investigação que começou em 2014, afirmaram as autoridades espanholas, que garantem terem desmantelado uma célula ligada às organizações terroristas Frente al-Nusra e "Estado Islâmico".

Os homens seriam responsáveis por operar uma rede de fornecimento de material logístico para combatentes islâmicos destas organizações, segundo a mesma nota. Eles teriam enviado dinheiro, armas, equipamentos eletrônicos e materiais para fabricar explosivos em correspondências disfarçadas de ajuda humanitária.

No ano passado, a Espanha deteve cerca de 100 supostos jihadistas, mais que o dobro do que em 2014.

PV/lusa/rtr/ap/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos