Carro-bomba mata policiais no sudeste da Turquia

Ataque contra delegacia em Nusaybin, perto da fronteira com a Síria, mata ao menos dois policiais e deixa dezenas de feridos. Autoridades turcas atribuem atentado a rebeldes curdos.

Rebeldes curdos detonaram um carro-bomba perto de uma delegacia de polícia no sudeste da Turquia, matando dois policiais e ferindo outras cerca de 35 pessoas, afirmaram autoridades turcas nesta sexta-feira (04/03).

O atentado tinha como alvo a delegacia e o alojamento da polícia de trânsito na cidade de Nusaybin, perto da fronteira com a Síria, onde as forças de segurança da Turquia estão lutando contra militantes ligados ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

A explosão causou grandes danos aos alojamentos da polícia e deixou uma grande cratera na estrada, mostraram imagens publicadas pela agência privada de notícias Dogan.

O ataque em Nusaybin ocorreu em meio a uma onda de violência na Turquia. Na quinta-feira, duas militantes do banido Partido/Frente Revolucionária de Libertação do Povo (DHKP-C) foram mortas por forças de segurança depois de terem aberto fogo contra um ônibus policial em Istambul. No mês passado, um atentado suicida contra militares em Ancara matou 29 pessoas.

Um frágil processo de paz de dois anos entre Ancara e o PKK sucumbiu em julho do ano passado, reavivando um conflito de três décadas, que já matou dezenas de milhares de pessoas. Os novos combates já causaram a morte de outras centenas de pessoas, entre elas policiais e soldados.

O PKK, considerado uma organização terrorista pela Turquia e seus aliados, luta pela autonomia do sudeste da Turquia, de maioria curda.

PV/ap/afp/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos