EUA desenvolve vacina "100% eficaz" contra dengue

Voluntários imunizados ficaram resistentes ao vírus após serem expostos ao placebo, mostra estudo. Instituto Butantan faz testes com o imunizante americano no Brasil.

Uma vacina contra a dengue desenvolvida por pesquisadores dos Institutos Nacionais de Saúde dos EUA provou ser 100% eficaz, segundo estudo publicado nesta quarta-feira (16/03) no jornal científico Science Translational Medicine.

Os autores da pesquisa dizem que a vacina poderá ser amplamente disponibilizada a partir de 2018. Eles também têm a expectativa de que a metologia usada neste experimento também seja válida para a criação de uma vacina contra o vírus zika.

Uma dose única da vacina, que contém as quatro variações do vírus da dengue, foi aplicada num grupo de 21 voluntários. Seis meses depois, eles foram expostos ao tipo 2 do vírus. Todos ficaram imunes à infecção. Outras 20 pessoas que não receberam a vacina contraíram a virose e apresentaram sintomas como manchas no corpo.

"Sabendo o que sabemos sobre essa nova vacina, estamos confiantes de que ela vai funcionar", afirmou a coordenadora da pesquisa, Anna Durbin, professora da Universidade Johns Hopkins.

A vacina TV003 foi licenciada no Brasil pelo Instituto Butantan e é testada desde fevereiro num grupo de 17 mil pessoas.

Os resultados do ensaio clínico devem levar mais tempo, porque o teste brasileiro não inclui a infecção intencional de voluntários, assim como foi feito na pesquisa americana.

KG/rtr/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos