Governo da Islândia anuncia novo premiê

Ministro da Pesca e Agricultura Sigurdur Ingi Johannsson é indicado para assumir cargo, após renúncia do primeiro-ministro envolvido nos escândalo dos "Panama Papers". País terá eleições antecipadas.

Em meio à crise causada por revelações dos chamados Panama Papers, que levou a renúncia do primeiro-ministro, o governo de coalizão de centro-direita da Islândia indicou nesta quarta-feira (06/04) o ministro da Pesca e Agricultura, Sigurdur Ingi Johannsson, para o cargo e convocou eleições antecipadas.

A indicação de Johannsson foi aprovada pelo Parlamento do país. A antecipação das eleições foi o primeiro anúncio do novo chefe de governo. "Desejamos organizar eleições no outono", disse Johannsson.

O primeiro-ministro Sigmundur David Gunnlaugsson renunciou ao cargo nesta terça-feira por seu suposto envolvimento nos chamados Panama Papers. As revelações que envolvem Gunnlaugsson se referem à empresa Wintris, supostamente estabelecida em 2007 nas Ilhas Virgens Britânicas pelo premiê e sua esposa, Anna Sigurlaug Palsdottir.

Gunnlaugsson foi acusado por líderes da oposição de conflito de interesses por não divulgar sua participação na Wintris, que detinha ações de três bancos falidos, cuja supervisão era responsabilidade do governo. O político nega as acusações. Ele enfrentou forte pressão popular por sua renúncia, após as alegações.

CN/lusa/ap

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos