Deutsche Welle: Prêmio Liberdade de Expressão para Sedat Ergin

Ian P. Johnson/Martin Koch (pv)

Editor-chefe do diário turco "Hürriyet" recebe honraria atribuída a personalidades que exemplificam os direitos humanos. Porém, batalhas jurídicas na Turquia devem impedir recebimento do "DW Freedom of Speech", em junho.

Sedat Ergin, editor-chefe do jornal turco Hürriyet, é o escolhido a receber o Prêmio Liberdade de Expressão da Deutsche Welle (DW Freedom of Speech Award), em 2016. No entanto, sua presença no Global Media Forum - realizado em junho e onde os homenageados são congraçados - é incerta, pois depende do veredicto de batalhas jurídicas em Istambul.

Desde março, Ergin está sendo julgado por supostamente ter insultado o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan. Nesta quinta-feira (21/04), o jornalista turco foi condecorado com o DW Freedom of Speech, prêmio atribuído anualmente a personalidades que exemplificam os direitos humanos e a liberdade de expressão.

Ele representa a sina de centenas de jornalistas na Turquia que foram expostos a riscos elevados em suas lutas diárias por um jornalismo independente e por uma imprensa livre, justificou o diretor-geral da DW, Peter Limbourg.

Numa primeira reação, Ergin disse estar "honrado por receber o prêmio que representa a preservação da liberdade de imprensa em todo o mundo".

Quando foi convocado ao tribunal de Istambul, no fim de março, o jornalista traçou um quadro sombrio: "a liberdade de imprensa na Turquia em 2016 se limita aos corredores de tribunais." O Hürriyet, principal diário turco independente, sofreu dois ataques em sua sede no ano passado. Ambos foram executados por grupos pró-governo.

Um dos advogados de Erdogan lançou a acusação judicial. Ele alegou que um artigo escrito por Ergin no Hürriyet continha um tom irônico sobre um discurso de Erdogan, realizado após um ataque do movimento curdo banido do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) contra soldados turcos.

Nesta quinta-feira, Limbourg afirmou que a Deutsche Welle, que iniciou as transmissões de rádio no idioma turco em 1962, "sente uma forte ligação e uma intensa amizade com o povo turco, mas que não podemos ficar parados e permanecer em silêncio quando jornalistas, artistas e cientistas são sistematicamente intimidados e perseguidos pelas autoridades."

Desde 1995, a Deutsche Welle também fornece conteúdo editorial em turco em seu site.

O DW Freedom of Speech foi lançado em 2015 e faz parte do concurso "The Bobs - O melhor do Ativismo Online". A nova premiação foi entregue no ano passado ao blogueiro saudita Ralf Badawi, que está preso desde 2012. Sua esposa, Ensaf Haidar, recebeu o prêmio em seu nome.

No índice de liberdade de imprensa da ONG Repórteres sem Fronteiras (RSF), publicado na quarta-feira, a Turquia ocupou a 151ª colocação numa lista composta por 180 países. O primeiro lugar no ranking foi para a Finlândia, seguido pela Holanda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos