Jogos do Rio são mensagem de esperança para o Brasil, afirma COI

Presidente do Comitê Olímpico Internacional cita crise política brasileira na cerimônia de acendimento da Chama Olímpica e afirma que tocha é símbolo de paz, harmonia e união. "Todos somos parte de uma mesma humanidade."

O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, referiu-se à crise política brasileira no discurso que proferiu durante a cerimônia que iniciou o revezamento da Chama Olímpica, nesta quinta-feira (21/04).

"Estes Jogos Olímpicos serão uma mensagem de esperança em tempos difíceis, e esta chama levará essa mensagem para todos os cantos do Brasil e do mundo. Apesar das dificuldades que o Brasil enfrenta, a chama é uma lembrança atemporal de que todos somos parte de uma mesma humanidade. A chama é um antigo símbolo de paz e harmonia, um símbolo do poder da humanidade de se unir apesar de suas diferenças", disse Bach.

"Em algumas semanas, o povo brasileiro dará as boas-vindas ao mundo de forma entusiasmada e vai encantar a todos com sua alegria de viver e sua paixão pelo esporte. O Rio será um cenário espetacular para mostrar o melhor do espírito humano", acrescentou o presidente do COI, na cerimônia nas ruínas da cidade antiga de Olímpia.

"O esporte jamais levanta barreiras entre países e culturas. Em tempos difíceis, essa mensagem é mais relevante do que nunca. Estamos escrevendo história juntos com nossos amigos do Brasil. Pela primeira vez, os Jogos serão realizados na América do Sul", afirmou Bach, lembrando que as competições acontecem numa época em que o mundo está "dilacerado por crises".

O presidente do Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, seguiu a mesma linha em seu discurso e procurou enaltecer as conquistas alcançadas. "Estamos bastante orgulhosos de termos chegado tão longe, navegando através das águas mais desafiadoras que o movimento olímpico já viu", disse. "Estamos prontos para fazer história. A tocha traz uma mensagem de paz que unirá nosso querido Brasil."

A Chama Olímpica desembarcará no Brasil em 3 de maio, em Brasília, para, em seguida, percorrer 329 cidades brasileiras. O revezamento da tocha olímpica no Brasil percorrerá cerca de 20 mil quilômetros por estradas e 16 mil quilômetros por via aérea, culminando com a cerimônia de abertura, em 5 de agosto, no Rio de Janeiro.

PV/sid/afp/rtr/ap/efe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos