O conto de fadas de Leicester

Nik Martin (fc)

Foi a bênção de um monge? O rei Ricardo 3º? Enquanto teorias para primeiro título inglês do time em 132 anos congestionam Twitter, feito é festejado por personalidades, e não só do esporte. Casas de aposta pagam a conta.

Foi uma bênção dada por um monge budista enviado pelo presidente do clube, o tailandês Vichai Srivaddhanaprabha, que ajudou a selar a sorte do Leicester City como campeão inglês?

Ou foi a sorte trazida pela conexão da cidade com o rei inglês da Idade Média Ricardo 3º, que deu um impulso notável ao time nesta temporada? Os restos mortais do monarca foram encontrados em 2012 e enterrados no início de 2015 a apenas 1,6 quilômetro da sede do clube.

Essas são apenas duas das teorias que estão se espalhando nas redes sociais após o feito espetacular das "raposas", que se beneficiaram do empate nesta segunda-feira (02/05) por 2 a 2 entre os rivais londrinos Tottenham e Chelsea.

Agora, a equipe comandada por Claudio Ranieri tem sete pontos de vantagem sobre o Tottenham faltando duas rodadas para a competição chegar ao fim e, com isso, não pode ser mais alcançada por nenhum adversário.

A reação ao primeiro título inglês nos 132 anos de história do Leicester, após iniciar a temporada com a cotação de 5 mil para 1 como possível vencedor do título nas casas de apostas, levou a um aumento de 80% do tráfego no Twitter no Reino Unido.

Fãs e grandes nomes do mundo esportivo, artístico e da política postaram mensagens nas redes sociais e no site do clube para compartilhar sua alegria com um clube que gastou "apenas" 69 milhões de euros para montar seu plantel e ganhar o primeiro campeonato. O valor é ínfimo em comparação aos gastos dos quatro maiores clubes do da liga.

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, descreveu o sucesso do clube como um "conto de fadas", enquanto o meia-atacante do Real Madri Gareth Bale afirmou no Twitter: "Desapontado pelo Tottenham, mas parabéns ao Leicester, incrível temporada! Amo futebol."

Já o ex-jogador do Leicester e ex-atacante da seleção inglesa Gary Lineker afirmou: "Leicester ganhou o Campeonato Inglês. O maior choque esportivo da minha vida, e ele é apenas o meu time".

O capitão do Chelsea, John Terry, escreveu: "Fazer o que eles fizeram neste ano foi incrível e deu esperança para as equipes menores."

A cantora Adele, vencedora de prêmios Grammy e Oscar, postou em seu Twitter: "Leicester... Que inspiração, a melhor história! Parabéns!".

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, também parabenizou a equipe: "Muitas felicitações ao Leicester. Um título da Premier League extraordinário e profundamente merecido".

O ex-jogador do Leicester e da seleção de Gales Robbie Savage talvez tenha feito o melhor comentário para resumir o momento histórico: "Uma noite inacreditável para o Leicester. Esta é a maior conquista do esporte britânico. Eu era um grande cético quanto ao [treinador do Leicester] Claudio Ranieri, mas ele provou que eu estava errado."

Na segunda-feira à noite, Ranieri voou de volta após uma rápida viagem à Itália - onde ele se encontrou com sua mãe, de 96 anos, para um almoço - para assistir ao jogo da decisão do título no Reino Unido.

Em comentários publicados no site da equipe, ele afirmou que estava "muito orgulhoso" e homenageou a "determinação" e o "espírito" de seus jogadores. "Eu nunca esperava isso quando cheguei [ao clube]", escreveu.

Os jogadores do Leicester se reuniram na casa do atacante Jamie Vardy para assistir ao empate entre Tottenham e Chelsea. A festa começou depois do apito final, quando o primeiro título das "raposas" ficou confirmado.

Do lado de fora do estádio da equipe, milhares de fãs se juntaram durante a noite para uma celebração improvisada.

Mais tarde, os fãs circularam no centro da cidade buzinando de forma estridente, enquanto outros alertavam que gigantes europeus como o Barcelona seriam os próximos alvos, já que o Leicester se prepara para participar da Liga dos Campeões pela primeira vez.

"Nós vamos atrás de você, [Lionel] Messi!", gritou Chris Whiting, de 20 anos, em referência ao atacante argentino do Barcelona.

No início da temporada, a casa de apostas Ladbrokes pagava 5 mil libras para cada aposta na conquista do título pelo Leicester. Na segunda-feira, a empresa registrou o recorde de pagamento de 31 milhões de euros, apesar de ter conseguido persuadir alguns fãs a resgatar mais cedo a aposta.

O Leicester vai receber o troféu da Premier League logo após o seu último jogo em casa na temporada, contra o Everton, no sábado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos