Colômbia apreende maior quantidade de cocaína da história do país

Autoridades confiscam oito toneladas da droga, escondidas num depósito subterrâneo perto da fronteira com o Panamá. Substância pertencia ao Clã Úsuga, por cujo líder os EUA oferecem recompensa de 5 milhões de dólares.

Ao menos oito toneladas de cocaína foram apreendidas pela polícia colombiana neste fim de semana - a maior quantidade da história do país, segundo o presidente Juan Manuel Santos.

A droga pertencia a um grupo criminoso conhecido pelo nome Clã Úsuga, o maior da Colômbia. Ela foi apreendida no município de Turbo, no nordeste do país e próximo à fronteira com o Panamá, neste domingo (15/05), informou o Ministério da Defesa colombiano.

"Felicitamos a Polícia da Colômbia. A operação em Turbo permitiu apreender a maior quantidade de droga na história. Golpe contundente contra criminosos", escreveu Santos em sua conta no Twitter.

O diretor da Polícia Nacional colombiana, Jorge Hernando Nieto, confirmou que se trata de "um dos golpes mais contundentes contra o crime organizado".

De acordo com a polícia, os traficantes esconderam a cocaína num depósito subterrâneo, cujo acesso havia sido coberto com uma tampa de cimento. A operação, iniciada na tarde de sábado, contou com o apoio da aviação policial. Três pessoas foram detidas.

Luta contra o narcotráfico

A droga pertencia ao número dois do Clã Úsuga, Roberto Vargas Gutiérrez, conhecido como "Gavilán". O governo oferece 500 milhões de pesos de recompensa (168 mil dólares) pela captura do traficante.

O líder do grupo, formado por ao menos 2 mil homens, é Darío Antonio Úsuga, alias "Otoniel". Os Estados Unidos oferecem uma recompensa de até 5 milhões de dólares por qualquer informação que permita sua captura.

De acordo com a polícia, a cocaína estava pronta para ser transportada para a América Central, de onde deveria seguir, provavelmente, para os EUA. A droga tem um valor estimado de 240 milhões de dólares no mercado americano.

A Colômbia é um dos principais produtores mundiais de cocaína, com 442 toneladas anuais. No ano passado, as autoridades colombianas confiscaram 252 toneladas da droga. Washington é o principal aliado de Bogotá na luta contra o narcotráfico.

LPF/lusa/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos