Diamante Oppenheimer Blue é leiloado por valor recorde

Pedra preciosa rara e de grandes dimensões atinge a marca de 57 milhões de dólares. Com a volatilidade do mercado de ações, joias geram cada vez mais interesse de grandes investidores em todo o mundo.

O diamante Oppenheimer Blue foi vendido nesta quarta-feira (18/05) pelo valor recorde de 57 milhões de dólares, na casa de leilões Christie's, em Genebra, tornando-se a pedra preciosa negociada pelo preço mais alto, em todo o mundo. O valor não inclui as tarifas e a premiação do adquirente.

Com 14,62 quilates, o diamante é o maior da categoria Vivid Blue já leiloado, sendo arrematado por um comprador anônimo. "É a joia mais cara já vendida num leilão", afirmou uma porta-voz da Christie's.

O Oppenheimer Blue, lapidado em corte retangular, está incrustado num anel, ladeado por dois diamantes menores. Ele pertencia a sir Philip Oppenheimer, ex-presidente do Diamond Syndicate, em Londres, e da empresa de mineração De Beers, que presenteara sua esposa com a joia.

Antes do leilão, o preço de venda do diamante estava estimado entre 38 milhões e 45 milhões de dólares. O recorde anterior pertencia ao Blue Moon Diamond, vendido em novembro passado pela casa de leilões Sotheby's por 48,6 milhões de dólares ao bilionário Joseph Lau, de Hong Kong.

Os preços no mercado mundial de pedras preciosas vêm subindo com bastante rapidez, desde que a volatilidade dos mercados de capitais impulsionou a procura dos assim chamados ativos tangíveis, por parte de investidores mais ricos.

RC/afp/ap/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos