Monsanto rejeita oferta de compra feita pela Bayer

Direção da empresa americana considera oferta de 62 bilhões de dólares muito baixa, mas afirma que mantém disposição para futuras negociações.

A empresa do setor agroquímico Monsanto comunicou nesta terça-feira (24/05) que rejeitou uma oferta de compra de 62 bilhões de dólares feita pelo grupo farmacêutico e químico alemão Bayer, que havia sido tornada pública nesta segunda. A decisão da direção foi unânime, afirmou a empresa americana.

Segundo o presidente da Monsanto, Hugh Grant, a proposta foi rejeitada porque o valor oferecido é muito baixo e por não deixar claro como a Bayer conseguiria financiá-lo nem como ela contornaria possíveis problemas regulatórios. A empresa alemã oferecera pagar 122 dólares por ação, um valor 37% superior em relação à cotação de duas semanas atrás.

Porém, a Monsanto afirmou que está disposta a manter as negociações. Se concretizado, o negócio - o maior da história da indústria alemã - criará a maior fabricante de herbicidas e sementes do mundo. A Monsanto é a líder mundial em herbicidas e sementes transgênicas.

AS/afp/ap/dpa/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos