Após troca de presos, Rússia liberta pilota ucraniana

Nadezhda Savchencof se tornou heroína nacional após ser capturada por rebeldes pró-Rússia em 2014. Condenada a 22 anos de prisão por assassinatos, ela foi libertada em troca da soltura de dois russos presos na Ucrânia.

A Rússia libertou nesta quarta-feira (25/05) a pilota ucraniana Nadezhda Savchenco, em troca da libertação de dois russos presos na Ucrânia. A militar se tornou heroína nacional depois de ser capturada pro rebeldes pró-Rússia, em 2014.

Savchenko foi condenada em março por um tribunal russo a 22 anos de prisão pelo assassinato dos jornalistas Igor Kornelyuk e Anton Voloshin. A militar ucraniana também foi considerada culpada pela morte de civis e por cruzar ilegalmente a fronteira com a Rússia.

Kiev e países do Ocidente classificaram o julgamento como "uma farsa política". Segundo autoridades russas, Savchenko deu coordenadas a forças governamentais ucranianas para um ataque na região de Lugansk, que teria provocado as mortes.

Savchenko, a mais famosa presa do conflito na Ucrânia, deve ser recebida por multidões na capital Kiev. Ela viaja ao país no avião presidencial de Petro Poroshenko.

Os prisioneiros russos Alexander Alexandrov e Yevgeny Yerofeyev foram capturados no ano passado e condenados a 14 anos de prisão sob acusações de prática de terrorismo no leste da Ucrânia. Eles estão a caminho de Moscou.

KG/afp/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos