Marselha tem terceiro dia de violência

Torcedores de Rússia e Inglaterra voltam a se enfrentar na cidade do sul da França, antes da estreia das duas seleções na Eurocopa. Polícia intervém, e ruas têm cenas de campo de batalha.

As ruas de Marselha, no sul da França, foram neste sábado (11/06), pelo terceiro dia consecutivo, palco de violência envolvendo torcedores de Rússia e Inglaterra, antes da estreia das seleções dos dois países na Eurocopa.

Câmeras de TV flagraram confrontos entre russos e ingleses, que atiraram garrafas e cadeiras uns nos outros. Houve brigas também entre torcedores estrangeiros e locais. Duas pessoas foram hospitalizadas - uma por ataque cardíaco e outra foi levada desacordada. Pelo menos outras cinco ficaram feridas, e seis foram detidas.

Desde o sorteio dos grupos, a França tratava a partida deste sábado como um dos jogos da Eurocopa 2016 com maior chance de violência envolvendo torcedores. "Este é um dos cinco jogos 'de risco': britânicos e russos juntos podem ser algo explosivo", chegou a dizer o ministro dos Esportes, Patrick Kanner.

Segundo a prefeitura, cerca de mil policiais trabalham na cidade mediterrânea para tentar controlar as torcidas - estima-se que mais de 70 mil torcedores ingleses e 20 mil russos tenham ido em Marselha para o jogo entre os dois países.

Na sexta-feira, na região do Porto Antigo, nove torcedores foram presos após uma briga generalizada envolvendo russos, franceses e ingleses. A polícia teve que usar seguidas vezes gás lacrimogêneo para controlar a confusão.

Na madrugada de quinta-feira, cerca de cem torcedores ingleses e 50 residentes locais já haviam se envolvido em outra briga na mesma região, que concentra vários bares ingleses e irlandeses.

A Eurocopa começou na sexta-feira, com a França ainda em estado de emergência, devido aos atentados de novembro. O país enfrenta também uma série de greves, como nos setores aéreo e ferroviário.

RPR/afp/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos