Islândia surpreende e empata com Portugal

Em jogo de estreia da Eurocopa 2016, Islândia aproveita descuido de zaga portuguesa para empatar partida no início do segundo tempo. Nem Cristiano Ronaldo consegue reverter placar.

Uma das surpresas da Eurocopa 2016, a Islândia conseguiu nesta terça-feira (14/06) cravar um empate no seu jogo de estreia no campeonato contra a favorita Portugal, em Saint-Étienne. O jogador da noite foi Birkir Bjarnason que fez o gol da seleção islandesa.

Estrela de Portugal, Cristiano Ronaldo ficou apagado na partida na qual igualou o recorde de Luis Figo de 127 jogos pela seleção portuguesa. Os lances do jogador em direção ao gol acabaram parando nas mãos do goleiro islandês Hannes Halldorsson, que fez boas defesas.

Portugal abriu o placar do jogo aos 31 minutos do primeiro tempo com um gol de Nani, após um passe de Andre Gomes. Apesar de um início apertado, a seleção portuguesa conseguiu dominar a partida no primeiro tempo, com 67% de posse de bola, mas perdeu muitas chances de balançar a rede.

Portugal pressionou a Islândia com passes rápidos e muita movimentação. Após Ronaldo perder um gol no início do segundo tempo, a Islândia aproveitou uma das poucas chances que teve para igualar o placar.

Em um descuido da defesa portuguesa aos 50 minutos do segundo tempo, Bjarnason, sem marcação, recebeu a bola de Johann Gudmundsson e marcou o gol de empate da Islândia.

O gol aumentou a confiança da seleção islandesa. Portugal partiu para o ataque, mas não conseguiu reverter o empate.

Depois de 44 anos, Hungria volta vitoriosa

Em Bourdeaux, na primeira partida nesta terça-feira do grupo F, a Hungria derrotou a Áustria por 2 a 0. A vitória marcou o retorno da seleção húngara na Eurocopa, depois de 44 anos longe do torneio.

A Áustria dominou a partida no primeiro tempo. Porém, foi a Hungria que abriu o placar. Aos 17 minutos do segundo tempo, Adam Szalai balançou a rede para a seleção húngara, em seu primeiro gol depois de doze jogos pela equipe.

Aos 20 minutos do segundo tempo, Aleksandar Dragovic levou o segundo cartão amarelo e deixou a Áustria com um jogador a menos. Quase no fim da partida, aos 43 minutos do segundo tempo, Zoltan Stieber marcou mais um gol para Hungria, confirmando a vitória húngara.

CN/rtr/ap/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos