Força Nacional ameaça abandonar Rio 2016

Contingente responsável pela segurança interna dos Jogos Olímpicos protesta contra más condições de trabalho e alojamento. Governo promete ajustes nas acomodações e pagamento de diárias atrasadas.

Membros da Força Nacional de Segurança que estão no Rio de Janeiro para prestar serviços durante os Jogos Olímpicos protestaram nesta quarta-feira (13/07) contra as más condições de alojamento e trabalho e atrasos nos pagamentos, ameaçando inclusive deixar a cidade.

A 23 dias do início dos Jogos, agentes denunciaram abusos, afirmando que tiveram que comprar seus próprios colchões de ar para os alojamentos, além de instalar chuveiros, tomadas e lâmpadas no condomínio do programa Minha Casa Minha Vida do governo federal, onde estão hospedados.

Segundo relatos, falta também água e energia elétrica, e alguns policiais chegaram a passar fome. Mais da metade do contingente cogita abandonar o trabalho.

Culpa da burocracia

Após o protesto desta quarta-feira, o secretário de Segurança para Grandes Eventos do Rio de Janeiro, o delegado Andrei Augusto Rodrigues, disse que as diárias estavam atrasadas por motivos burocráticos, mas que o pagamento seria feito "nas próximas horas".

"Todos os recursos já foram disponibilizados, estão em trâmite no sistema bancário, ou seja, nas próximas as horas todos os servidores já terão recebido as suas diárias. O local onde esses policiais estão acomodados é um condomínio residencial recém-construído. E como toda instalação nova requer obviamente nos primeiros dias de uso alguns ajustes", afirmou o secretário, ressaltando que o planejamento está sendo revisto.

A Força Nacional, composta por agentes dos 26 estados e do Distrito Federal, é responsável pela segurança interna de todas as instalações dos Jogos Olímpicos. Há um ano, a previsão era de que 9,6 mil integrantes seriam deslocados para o Rio por ocasião do evento esportivo, mas o contingente foi reduzido para 6 mil agentes, dos quais metade já se encontram na cidade.

RC/lusa/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos