França decide não estender estado de emergência

Em entrevista no Dia da Bastilha, presidente francês anuncia que estado de emergência decretado após atentados de Paris chegará ao fim em 26 de julho. Ameaça, porém, "continua lá", afirma François Hollande.

O presidente francês François Hollande confirmou nesta quinta-feira (14/07) que o estado de emergência decretado após os atentados de 13 de Novembro em Paris terá fim em 26 de julho. O anúncio foi feito durante a comemoração do Dia da Bastilha, data da celebração nacional francesa.

"O estado de emergência não pode ser prolongado eternamente", afirmou Hollande em entrevista após o tradicional desfile. "Não faria sentido. Significaria que nós não somos mais uma república, com leis que podem ser aplicadas em todas as circunstâncias."

Segundo ele, a decisão de não estender o decreto tem como razão a aprovação, em maio, de uma lei que inclui meios para "prevenir a ameaça terrorista com eficácia".

O presidente francês reconheceu, porém, que a ameaça terrorista não diminuiu. "A ameaça continua lá, porque ainda temos o mesmo adversário, que está na Síria, no Iraque e também na Europa, e que é o islamismo fundamentalista, o fanatismo", acrescentou ele.

Dessa forma, Hollande anunciou que enviará mais conselheiros militares ao Iraque, no intuito de ajudar o Exército local a recuperar Mossul, reduto iraquiano do grupo "Estado Islâmico" (EI). "Precisamos atacar, e atacar fortemente", afirmou o presidente.

O líder francês também disse que, assim que o torneio de ciclismo Tour de France chegar ao fim no próximo dia 24, a missão militar antiterrorista Sentinelle, que protege centros religiosos e instalações estratégicas em território francês, sofrerá reduções - a missão passará de 10 mil soldados para 7 mil.

Hollande declarou estado de emergência na França na noite de 13 de novembro de 2015, quando uma série de atentados terroristas matou 130 pessoas em Paris. Desde então, o decreto foi prolongado três vezes pelo Parlamento, incluindo as datas da Tour de France e da Eurocopa.

EK/afp/ap/efe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos