Confirmada morte de brasileira em Nice

Carioca de 30 anos passava férias com a família na cidade francesa. Ela e a filha de 6 anos foram atropeladas pelo caminhão. Menina também faleceu devido aos ferimentos.

O Itamaraty confirmou neste domingo (17/07) a morte da carioca Elizabeth Cristina de Assis Ribeiro, que estava desaparecida desde o atentado em Nice, no sul da França, na quinta-feira passada.

Ribeiro, de 30 anos, era mãe de Kayla, de 6 anos, de nacionalidade suíça, e que teve a morte confirmada pelo consulado suíço em Nice na sexta-feira. Ambas foram atropeladas pelo caminhão conduzido pelo tunisiano Mohamed Lahouaiej Bouhlel e morreram em consequência dos ferimentos.

As duas irmãs mais novas de Kayla foram salvas pelo pai, o suíço Sylvan Solioz. Eles continuam hospitalizados e em estado de choque, segundo autoridades suíças. A família suíço-brasileira passava férias em Nice.

O presidente interino Michel Temer determinou ao Ministério das Relações Exteriores que "redobre os esforços para dar total assistência aos brasileiros atingidos pelo atentado na cidade francesa de Nice" e garantiu que "todos os meios do governo federal serão colocados à disposição das famílias na busca de informações e para atender suas eventuais demandas por auxílio neste momento".

Segundo o Itamaraty, dois brasileiros continuam desaparecidos.

AS/afp/abr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos