Controle na fronteira francesa gera caos na Inglaterra

Aumento do controle na fronteira francesa é resposta ao atentado de Nice, que deixou 84 mortos. Turistas britânicos chegam a esperar 15 horas para chegar ao porto de Dover, que dá acesso ao Canal da Mancha.

O controle reforçado na fronteira francesa na sequência do ataque em Nice tem criado longas filas no acesso ao porto de Dover, na Inglaterra. A espera de turistas britânicos que querem seguir viagem para a França chegou a 15 horas neste domingo (24/07).

O porto de Dover é o principal ponto de passagem de turistas que pretendem atravessar o Canal da Mancha de barca até Calais ou Dunquerque, no norte da França. Imagens da televisão britânica mostram os congestionamentos intermináveis na costa de Kent, no sudeste da Inglaterra.

Em comunicado, a polícia de Kent informou que a "segurança foi reforçada" em resposta ao ataque em Nice, no último dia 14 de julho. Um franco-tunisiano avançou contra uma multidão que acompanhava as comemorações do feriado nacional da Queda da Bastilha, matando 84 pessoas. A França estendeu o estado de alerta para terrorismo por mais seis meses.

As medidas de controle na fronteira foram iniciadas a noite de sexta-feira e podem se estender pela próxima semana. A organização humanitária Khalsa Aid disponibilizou voluntários para distribuir mais de 5.800 garrafas de água. A polícia de Kent também alertou os motoristas para carregarem água e alimentos.

Autoridades do porto de Dover reclamam que "falta efetivo" na fronteira francesa para realizar o controle. O Ministério do Interior britânico reconheceu que "os distúrbios são excessivos", mas ressaltou que "a segurança é primordial".

KG/lusa/ap/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos