Veto a discurso de Erdogan causa novo atrito entre Alemanha e Turquia

Governo turco convoca representante diplomático em protesto à decisão de tribunal alemão. Corte proibiu veiculação de mensagem em vídeo do presidente turco durante protesto na cidade de Colônia.

O governo turco convocou nesta segunda-feira (01/08) um alto representante diplomático da Alemanha em Ancara em protesto à decisão do Tribunal Constitucional Federal alemão de proibir a participação do presidente Recep Tayyip Erdogan, por meio de vídeo, em manifestação em Colônia.

"O Encarregado de Negócios da Alemanha foi convocado ao Ministério do Exterior turco às 14 horas [hora local]", afirmou uma porta-voz da embaixada alemã em Ancara. O funcionário Robert Dölger, o segundo na hierarquia, foi chamado porque o embaixador alemão, Martin Erdmann, está de férias.

O Tribunal Constitucional Federal alemão, com sede em Karlsruhe, havia confirmado a proibição do discurso por vídeo de Erdogan horas antes do protesto, devido a temores de que os ânimos pudessem se exaltar no comício.

"Durante a avaliação do evento, chegamos à conclusão de que já se tratava de uma situação muito emocional", disse um porta-voz da polícia de Colônia à DW. "E se discursos do ministro do Exterior out mesmo de Erdogan fossem exibidos, então a coisa toda poderia sair de controle. Essa foi a nossa estimativa."

A decisão foi condenada na Turquia, e o porta-voz da presidência, Ibrahim Kalin, a chamou de "violação da liberdade de expressão e do direito à liberdade de reunião".

O protesto pró-Erdogan em Colônia, no oeste da Alemanha, reuniu neste domingo de 30 mil a 40 mil pessoas, segundo a polícia. Os manifestantes foram às ruas para demonstrar solidariedade ao líder turco após a tentativa de golpe de Estado ocorrida na Turquia no último dia 15 de julho. Manifestações menores contra o presidente turco também foram registradas em outros pontos da cidade alemã.

O clima de instabilidade na Turquia é acompanhado com interesse na Alemanha, país que acolhe a maior comunidade da diáspora turca: 1,55 milhão de pessoas, número que chega a 3 milhões se contabilizados os alemães de origem turca.

FC/dpa/efe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos