Aumenta número de estrangeiros que recebem ajuda social na Alemanha

Refugiados e migrantes do Leste Europeu são principais responsáveis pela elevação de 12,4% em um ano. Benefício é concedido a 5,93 milhões de pessoas, das quais 1,54 milhão são estrangeiras.

O número de estrangeiros que recebem ajuda social do tipo Hartz 4 na Alemanha aumentou em 2016, afirmou nesta terça-feira (02/08) a Agência Federal do Trabalho, em Nurembergue, confirmando informação divulgada anteriormente pelo jornal Bild.

Em abril de 2016, 5,93 milhões de pessoas recebiam esse tipo de ajuda social na Alemanha, sendo uma em cada quatro delas estrangeira. O total de beneficiados se manteve estável em relação a abril de 2015, com um leve recuo de 1,2%. Já o número de estrangeiros no grupo aumentou em 170 mil, passando para 1,54 milhão, uma alta de 12,4%.

A ajuda social popularmente conhecida como Hartz 4 pode ser solicitada por pessoas que não tenham recursos suficientes para a sua subsistência. Em contrapartida, elas devem colaborar para reverter essa situação, por exemplo, participando de programas de inserção no mercado de trabalho.

Boa parte dos estrangeiros beneficiados são migrantes do Leste Europeu ou refugiados de fora da Europa. O primeiro grupo representa cerca de 276 mil pessoas, enquanto os refugiados de países não europeus são cerca de 411 mil. O número de sírios aumentou em 195%, passando para 242 mil. Búlgaros e romenos também registraram alta, de cerca de 35%, passando para 73 mil e 60 mil, respectivamente. Os turcos continuam sendo o maior grupo de beneficiados, com 295 mil pessoas.

Segundo a Agência Federal do Trabalho, o aumento no número de estrangeiros que recebem ajuda social não é surpreendente, já que muitos refugiados ainda não estão prontos para o mercado de trabalho. Eles precisam primeiramente aprender alemão e obter as qualificações necessárias. A agência afirmou que o registro para a obtenção do Hartz 4 é o processo correto, pois permite que os refugiados recebam auxílio estatal para encontrar trabalho.

AS/epd/dpa/dw/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos