Papa pede que Rio 2016 seja exemplo de solidariedade

Francisco incentiva a disputa saudável e que esportistas almejem algo mais que uma medalha: uma civilização solidária. Pontífice diz esperar que Jogos Olímpicos tornem o Brasil um país mais justo e seguro.

O papa Francisco se dirigiu nesta quarta-feira (03/08) aos atletas que participarão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro para incentivá-los a "terminar a corrida juntos" e conseguir como prêmio "uma civilização onde reine a solidariedade".

"Que os Jogos Olímpicos incentivem o bom combate. Terminem juntos a disputa, desejando conseguir como prêmio não uma medalha, mas algo mais precioso, uma civilização onde reina a solidariedade", disse o pontífice.

Francisco destacou seu desejo de que "em um mundo com sede de esperança e de paz" se possa criar uma nova sociedade "baseada no reconhecimento de que todos somos membros de uma única família humana, independentemente da cultura, cor da pele ou religião".

O papa também se dirigiu à sociedade brasileira, que com "sua alegria e característica hospitalidade organiza a festa do esporte". "Desejo que esta seja uma oportunidade para superar momentos difíceis e se empenhar no trabalho em equipe para construir um país mais justo e seguro, apostando num futuro cheio de esperança", afirmou o papa.

Os Jogos Olímpicos começam nesta sexta-feira, 5 de agosto, e vão até 21 de agosto. As competições de futebol, porém, já deram o pontapé inicial nesta quarta-feira, com partidas do futebol feminino.

PV/efe/sid

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos