Rússia é banida dos Jogos Paralímpicos

Comitê Paralímpico Internacional diz que escândalo de doping envolvendo governo russo inviabiliza participação dos atletas na Rio 2016. País anuncia que irá recorrer.

O Comitê Paralímpico Internacional (IPC) anunciou neste domingo (07/08) a exclusão da Rússia dos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

"Suspendemos provisoriamente como membro o Comitê Paralímpico Russo e, por isso, a equipe russa não competirá nos Jogos do Rio", anunciou Philip Craven, presidente do IPC, em entrevista coletiva no Rio de Janeiro.

Craven afirmou que os atletas paralímpicos russos são parte do doping sistemático promovido pelo governo russo. Ele classificou a medida "como a melhor forma de defender os princípios do movimento paralímpico" e citou 44 atletas russos, cujas amostras do teste antidoping foram manipuladas durante os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi, em 2014.

A Rússia irá recorrer da decisão, anunciou o ministro russo do Esporte, Vitaly Mutko, citado pela agência de notícias TASS.

Escândalo

O relatório McLaren, divulgado em julho como resultado de uma investigação da Agência Mundial Antidoping (Wada), apontou a existência de um programa estatal de doping que ia além do atletismo e que beneficiou atletas olímpicos russos ao longo de pelo menos quatro anos.

Ao contrário do Comité Olímpico Internacional (COI), que transferiu a responsabilidade de autorizar a participação dos atletas russos nos Jogos Olímpicos para as federações das modalidades, o IPC optou por uma solução mais radical, excluindo toda a comitiva. Os Jogos Paralímpicos serão realizados entre 7 e 18 de setembro.

A Rússia já estava provisoriamente suspensa dos Jogos Olímpicos, iniciados na sexta-feira, desde que o sistema de doping patrocinado pelo governo russo veio à tona. Neste domingo, o COI afirmou que 278 atletas russos estão listados para as disputas na Rio 2016, após serem liberados pelo comitê.

KG/efe/dpa/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos