Bebê com microcefalia associada ao zika morre no Texas

Mãe da criança teria contraído vírus em viagem à América Latina. No sul da Flórida, casos de transmissão local aumentam para 21. Governador do estado pede apoio federal para combater mosquito transmissor.

Um bebê morreu em Houston, no Texas, por complicações de uma microcefalia associada ao vírus zika, informaram autoridades americanas de saúde nesta terça-feira (09/08).

A criança morreu pouco depois de nascer, se tornando a primeira vítima do vírus no Texas, anunciou o delegado estadual dos Serviços de Saúde, John Hellerstedt.

A mãe da criança tinha viajado quando estava grávida à América Latina, onde foi provavelmente infectada pelo vírus. Exames confirmaram que o bebê tinha microcefalia relacionada com a doença da mãe.

O estado do Texas contabiliza quase cem casos de zika, além de dois bebês com microcefalia associada ao vírus no condado de Harris. Em todos os casos, o vírus foi contraído no exterior.

Na semana passada, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA incluiu o sul da Flórida na lista de destinos onde há risco de contrair o zika. Nesta terça, o governo anunciou que os casos de transmissão local aumentaram para 21, com o registro de quatro novas infecções em dois bairros turísticos de Miami.

"A cada dia que passa, e o Congresso e o presidente não chegam a um acordo, nossa resposta nacional à zika fica dificultada. Isto não só é um problema que nos afeta aqui na Flórida, é uma questão nacional", criticou o governador da Flórida, Rick Scott.

KG/efe/ap

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos