Bombeiros controlam incêndio na Ilha da Madeira

Incêndio criminoso deixa ao menos três mortos e causa danos de no mínimo 55 milhões de euros. Ao menos 200 casas e prédios na região de Funchal ficaram destruídos.

Bombeiros conseguiram controlar nesta quinta-feira (11/08) o incêndio florestal na Ilha da Madeira, que matou ao menos três pessoas, destruiu cerca de 200 casas e prédios na região de Funchal e forçou a evacuação de mais mil pessoas, incluindo turistas estrangeiros.

"Apenas um foco de incêndio permanece ativo, na cidade de Calheta", anunciou um funcionário da Defesa Civil, acrescentando que o fogo já foi contido em Funchal e na cidade vizinha Câmara de Lobos. Cerca de 260 pessoas continuam abrigadas em barracas. Todos os turistas puderam voltar a hotéis.

Um suspeito de provocar o incêndio criminoso na região de Funchal foi detido. De acordo com autoridades, o fogo causou danos de, no mínimo, 55 milhões de euros. Um resort de luxo próximo a Funchal ficou completamente destruído.

O primeiro-ministro português, António Costa, visitou a ilha nesta quinta-feira para avaliar a extensão dos danos. "É necessário passar à fase seguinte, que é a da reconstrução, a de voltar à normalidade e restabelecer a confiança no mundo todo com a Madeira como grande destino turístico de qualidade e segurança", afirmou Costa.

Além de Madeira, cerca de 200 focos de incêndios atingem Portugal continental, principalmente na região norte e central do país. Mais de 4,2 mil bombeiros e 30 aeronaves tentam conter as chamas. Temperaturas elevadas e ventos fortes dificultam o trabalho das autoridades.

A polícia afirmou que muitos incêndios foram criminosos e anunciou a prisão de vários suspeitos. O fogo já destruiu cerca de 260 quilômetros de floresta no país desde o início de agosto.

Incêndios foram registrados ainda no noroeste da Espanha e na França. A seca na região, as altas temperaturas e o forte vento propiciaram a propagação das chamas. Em Marselha, autoridades conseguiram controlar nesta quinta-feira o fogo que destruiu 3,3 mil hectares de floresta e deixou três bombeiros feridos.

CN/efe/rtr/afp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos