O fã de Cingapura que derrotou Phelps na Rio 2016

Joseph Schooling, de 21 anos, venceu o ídolo americano na final dos 100 metros borboleta masculino e garantiu primeiro ouro olímpico de Cingapura. Às vésperas de última prova, Phelps reafirma que vai se aposentar.

O recordista Michael Phelps sofreu a primeira derrota nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (12/08) para o nadador Joseph Schooling, de Cingapura, na final dos 100 metros borboleta masculino.

Schooling, antigo fã de Phelps, tirou uma foto com o ídolo em 2008, poucas semanas antes dos Jogos Olímpicos de Pequim. Oito anos depois, o nadador de 21 anos se tornou o primeiro do seu país a conquistar um ouro olímpico, deixando o americano para trás.

Phelps, o sul-africano Chad Le Clos e o húngaro Laszlo Cseh encerraram a prova juntos com o tempo de 51s54, dividindo o segundo lugar do pódio. Schooling estabeleceu um novo recorde olímpico, com o tempo de 50s39.

Apesar de ter confirmado a aposentadoria após os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, Phelps garantiu que vai encerrar a carreira no Rio de Janeiro. Ele diz ter alcançado seu maior objetivo: incentivar crianças a correrem atrás dos sonhos, assim como fez com Schooling.

"Não ficarei por mais quatro anos, vou parar. Consegui fazer tudo o que queria e estou feliz por tudo o que aconteceu. Na verdade, nem tanto, porque ninguém gosta de perder, mas estou orgulhoso por Joseph. Ele fez a melhor prova e consegui vê-lo crescer e se tornar o que é hoje. Estou pronto para me aposentar", disse.

Inspiração

Phelps sempre foi uma inspiração para o nadador de Cingapura que estuda e treina no Texas, nos Estados Unidos. "É um sonho conquistar o que ele já conseguiu, e só estou falando de um ouro. Eu queria ser como ele quando criança. Michael é o motivo para eu querer ser um nadador melhor", contou.

Em 2015, Schooling conquistou nove medalhas de ouro nos Jogos Asiáticos. O ouro olímpico, no entanto, é o mais importante de todos. Phelps já conquistou quatro medalhas de ouro (200m medley, 200m borboleta e revezamentos 4x100m livre e 4x200m livre) na Rio 2016. Com a nova prata, o nadador acumula 27 medalhas olímpicas.

O último dia da carreira de Phelps será neste sábado, quando poderá quebrar mais um recorde ao liderar a equipe dos EUA na final do revezamento 4x100 metros medley masculino.

KG/efe/afp/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos