Mais de 90 mil venezuelanos entram na Colômbia

Com reabertura iniciada no fim de semana, dezenas de milhares de venezuelanos fazem fila para entrar em cidades colombianas e comprar remédios e alimentos, que estão em falta em seu país.

Mais de 90 mil venezuelanos cruzaram a fronteira com a Colômbia neste fim de semana em busca de remédios e alimentos, divulgou neste domingo (14/08) o Ministério das Relações Exteriores colombianos.

Um relatório mostra que desde sábado 84 mil pessoas se deslocaram para o departamento de Norte de Santander. No departamento de Arauca, foram outras 5 mil pessoas.

A reabertura "ordenada, controlada e gradual" da fronteira foi acordada em reunião entre os presidentes da Colômbia, Juan Manuel Santos, e da Venezuela, Nicolás Maduro, na última quinta-feira.

Maduro ordenou o fechamento da fronteira entre os países em agosto do ano passado sob a justificativa de combater supostos traficantes de drogas que operam na região e o contrabando, especialmente de gasolina.

Horas antes da abertura, prevista para as 5h (horário local) de sábado, milhares de pessoas já se amontoavam do lado venezuelano da ponte internacional Simón Bolívar, que liga a cidade de San Antonio del Táchira com Cúcuta, a capital do departamento do Norte de Santander.

Venezuela e Colômbia têm mais de 2.219 quilômetros de fronteira comum. Em julho, mais de 100 mil venezuelanos cruzaram a fronteira para comprar produtos básicos e medicamentos, durante dois domingos em que houve abertura.

KG/efe/rtr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos