Seleção brasileira vai às semifinais olímpicas pela 7ª vez

Com gols de Neymar e Luan, Brasil venceu a Colômbia por 2 a 0 e se classificou para as semifinais do torneio olímpico de futebol contra Honduras. Micale diz que seleção hondurenha tem méritos e pode surpreender.

Com a vitória sobre a Colômbia por 2 a 0 neste sábado (13/08) na Arena Corinthians, em São Paulo, a seleção brasileira se classificou para as semifinais dos Jogos Olímpicos pela sétima vez na história.

O primeiro gol foi do capitão Neymar na cobrança de uma falta no primeiro tempo. Nos instantes finais da partida, Luan selou a classificação.

Em busca do inédito ouro olímpico, a seleção vai enfrentar Honduras na próxima quarta-feira, no Maracanã. Quem se classificar vai brigar pelo título com Alemanha ou Nigéria, que se enfrentam no mesmo dia na Arena Corinthians.

A partida pode representar a revanche do Brasil, que perdeu para Honduras nas quartas de final nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

O técnico Rogério Micale num esquema com quatro atacantes, que deu certo na terceira rodada da fase de grupos e garantiu a goleada de 4 a 0 sobre a Dinamarca.

"O comportamento defensivo começa no setor ofensivo. Nós jogamos juntos e com espírito coletivo e por isso conseguimos entrar com uma equipe tão ofensiva", afirmou o treinador.

A seleção colombiana apostou nos nomes mais conhecidos - o zagueiro Balanta e o atacante Téo Gutiérrez, campeões da Taça Libertadores do ano passado pelo River Plate, além do também atacante Pabón, que teve passagem discreta pelo São Paulo e atualmente defende o Monterrey, do México.

Partida dura

O jogo teve entradas muito duras. Palacios levou cartão por acertar uma cotovelada sem bola em Gabriel Jesus. Neymar aproveitou, fez a cobrança direta e, com a colaboração da barreira, que abriu, acertou o canto direito e fez 1 a 0. Neymar virou alvo e sofreu ao menos cinco faltas.

Aos 39 minutos do segundo tempo, Neymar fez uma enfiada, Luan percebeu o goleiro adiantado e, de fora da área, com curva, marcou o segundo gol da seleção olímpica brasileira.

Em entrevista coletiva, Micale afirmou que o time de Honduras chegou à semifinal do torneio masculino de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio "com méritos" e, por isso, a equipe brasileira não pode se descuidar para não ser surpreendida em casa.

"Não me incomoda enfrentar Honduras. Eles chegaram com méritos, com competência, temos todo respeito e sabemos da qualidade de Honduras", comentou. "Eles eliminaram a Argentina e a Coreia do Sul. Sabem jogar e se não estivermos atentos podem nos surpreender."

KG/efe/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos