Fidel Castro troca Adidas pela concorrente Puma

Famosa marca do felino é a fornecedora oficial da equipe olímpica cubana, o que pode explicar a preferência do líder revolucionário. Ambas as empresas reiteram que não têm contrato de patrocínio com ele.

Após anos exibindo preferência pela marca esportiva alemã Adidas, o líder revolucionário cubano Fidel Castro optou por trajes da concorrente Puma durante as comemorações do seu aniversário de 90 anos, neste sábado (13/08), em Havana. O ex-presidente apareceu com um agasalho branco com o famoso logotipo do felino na cor verde.

Um porta-voz da empresa de Herzogenaurach lembrou que a Puma fornece o material esportivo da equipe olímpica do país caribenho e é uma marca muito popular em Cuba. Ele ressaltou que a empresa não tem um contrato para fornecimento de material esportivo para Fidel e, portanto, nenhuma influência sobre o que ele usa.

Um porta-voz da Adidas lembrou que Fidel já havia aparecido antes em trajes da concorrente, por exemplo em abril de 2015, durante as eleições regionais. Até 2012, a Adidas era a fornecedora dos atletas cubanos. O porta-voz disse acreditar que o líder revolucionário se servia desse contingente. Também a Adidas fez questão de destacar que a empresa não tem nenhum contrato com Fidel.

LOS/dpa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos