Cabo Verde e Moçambique seguem nas competições do Rio 2016

Thiago Melo

Angola, São Tomé e Príncipe e Guiné-Bissau encerraram suas participações sem nenhuma medalha olímpica.

Cabo Verde e Moçambique são os únicos dos PALOP (Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa) na disputa pelo sonho de uma medalha olímpica no Rio de Janeiro. Esta sexta-feira (19.08), a cabo-verdiana Elyane Boal, na ginástica rítmica, e os moçambicanos Joaquim Lobo e Mussa Chamaune, na canoagem, representarão os seus países.

Entre ontem e hoje (16/17.08), Cabo Verde teve suas participações encerradas no atletismo (400m com barreiras) e no taekwondo, cuja prova aconteceu na manhã desta quarta-feira. A cabo-verdiana Maria Andrade lutou a primeira fase eliminatória com a tailandesa Panipak Wongpattanakit, mas não venceu a luta e logo não estará nas próximas etapas da modalidade.

Cabo Verde

Na noite desta terça-feira (16.08), o país participou da prova seminfinal dos 400m com barreiras. O velocista Jordin Andrade ficou em 16º lugar na classificação e não seguiu para a final.

Andrade competiu na semifinal após protesto do Comitê Olímpico Cabo-verdiano (COC), que pediu a revogação de uma decisão que o desqualificava para aquela etapa por causa de uma falta técnica durante a prova realizada na segunda-feira (15.08).

A participação na prova semifinal foi um momento histórico para o país. Segundo o COC, esta é a primeira vez que um atleta de Cabo Verde segue para a fase seguinte numa Olimpíada, sem ser desclassificado na primeira fase.

Angola

Angola encerrou a sua participação na Olimpíada do Rio esta terça-feira. O país, que teve a maior delegação entre os PALOP, com 26 atletas no total, ainda competia no handebol feminino e na vela (categoria regata 470).

As angolanas do handebol perderam a primeira partida das quatra de final para a seleção da Federação Russa, com um placar de 31 a 27, e sairam da disputa. A equipa feminina, na primeira fase, ganhou duas das cinco partidas, por isso a vitória sob as russas era decisiva nesta etapa.

Os velejadores angolanos Matias Montinho e Paixão Afonso também encerraram a sua participação nos Jogos Olímpicos Rio 2016 esta terç-feira, quando disputaram mais uma prova da série classificatória para a final. Eles ficaram 24ª posição na classificação final e, portanto, não seguiram para a última etapa.

Moçambique

O atleta Joaquim Lobo não se classificou para a semifinal da canoagem 200m. Ele competiu as eliminatórias na manhã desta quarta e terminou em 24º. Joaquim compete novamente esta sexta-feira (19.08) junto com Mussa Chamaune as preliminares na categoria 1.000m

São Tomé e Príncipe

O velocista Romário Leitão realizou na manhã desta quarta-feira (17.08) a prova de 5000m. Leitão terminou a prova em 50º na classficiação e terminou a sua participação nos Jogos Olímpicos Rio 2016 na primeira fase da competição.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos