Dilma decide ir ao Senado para apresentar defesa

Presidente afastada vai expor seus argumentos e responder perguntas dos parlamentares no dia 29 de agosto. Ela afirma não ter medo de atitudes agressivas: "Aguentei tensões bem maiores na minha vida".

A presidente afastada Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira (17/08) que apresentará pessoalmente sua defesa no processo de impeachment no Senado. Pelo calendário previsto, Dilma será ouvida pelos parlamentares no dia 29 de agosto. O julgamento começa no dia 25.

Assim, pela primeira vez desde o início do processo, Dilma deverá responder as perguntas dos senadores em relação às acusações de ter cometido crime de responsabilidade fiscal. A presidente deve ainda reiterar os seus argumentos de defesa, os quais apontam a ausência de evidências que comprovem a infração.

Segundo o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, Dilma terá 30 minutos para apresentar sua defesa, mas esse tempo pode ser prorrogado indefinidamente. Após a apresentação, a presidente responderá perguntas feitas pelos presentes. Não há limite de tempo para as respostas.

Depois de Dilma, acusação e defesa terão uma hora e meia para debater o processo, seguidas de réplicas e tréplicas de uma hora. A palavra será então passada aos senadores, que terão dez minutos cada.

Ao jornal Folha de S. Paulo, Dilma afirmou que não teme atitudes agressivas de alguns senadores. "Nunca tive medo disso. Aguentei tensões bem maiores na minha vida. É exercício da democracia", ressaltou. A presidente teria ficado incomodada com notícias vinculadas na imprensa de que ela temia ir ao Senado devido a possíveis ataques.

O julgamento do processo começa no dia 25 de agosto, às 9h, e deverá durar ao menos quatro dias. Pelo menos 54 dos 81 senadores precisam votar a favor do impeachment para o afastamento definitivo da presidente. Se o mínimo de votos não for alcançado, o processo será arquivado, e Dilma reassume o mandato.

CN/lusa/abr/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos