Atleta do Quirguistão é pego no doping e perde medalha de bronze

Halterofilista Izzat Artykov é flagrado com a substância estricnina e desqualificado dos Jogos Olímpicos. Ele havia subido ao pódio na categoria até 69kg. Doping exclui também ciclista brasileiro da Rio 2016.

Dois atletas perderam suas medalhas de bronze depois de terem sido flagrados em controles de doping, comunicou a Corte Arbitral do Esporte (CAS) nesta quinta-feira (18/08) - o halterofilista Izzat Artykov, do Quirguistão, e o canoísta Serghei Tarnovschi, da Moldávia.

O halterofilista Izzat Artykov foi flagrado num controle de doping com a substância estricnina. Artykov competiu na categoria até 69kg e tinha conquistado, na terça-feira, a medalha de bronze, ficando atrás do chinês Zhiyong Shi e do turco Daniyar Ismayilov, medalhas de ouro e prata, respectivamente.

"A medalha dele foi confiscada e ele será excluído dos Jogos Olímpicos", comunicou o CAS, acrescentando que sua credencial também foi apreendida. Arkytov pode ainda recorrer junto à Corte, no escritório no Rio de Janeiro, ou após os Jogos, em Lausanne, na Suíça.

No entanto, cabe à Federação Internacional de Levantamento de Peso (IWF, na sigla em inglês) gerir resultados e punições, assim como decidir em conjunto com o Comitê Olímpico Internacional (COI) quem irá herdar a medalha conquistada por Artykov. O colombiano Luis Javier Mosquera Lozano ficou em quarto lugar na disputa.

O outro caso envolveu o canoísta Serghei Tarnovschi, da Moldávia, que foi eliminado da prova canoa individual (C1) 1000m, "após resultados adversos de testes prévios à competição", segundo comunicado da Federação Internacional de Canoagem (ICF, na sigla em inglês). Ele foi medalha de bronze na mesma prova onde o brasileiro Isaquias Queiroz conquistou a prata, também na terça-feira.

Além disso, o CAS comunicou também que o ciclista brasileiro Kleber da Silva Ramos, o lutador indiano Narsingh Yadav e a nadadora chinesa Chen Xinyi foram desqualificados dos Jogos Olímpicos.

O teste antidoping da chinesa indicou o uso do diurético hidroclorotiazida, do indiano o uso do esteróide anabolizante metandrostenolona e do ciclista brasileiro deu positivo para eritropoetina (EPO). Também nestes casos, as suspensões são responsabilidades das respectivas federações internacionais.

PV/lusa/rtr/ots

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos