1852: Morre o criador do jardim de infância

(rw)

No dia 21 de junho de 1852, faleceu o pedagogo alemão Friedrich Wilhelm August Fröbel, o idealizador e fundador do primeiro "Kindergarten" (jardim de infância) do mundo.

As crianças são o gérmen da humanidade e necessitam, desde pequeninas, da proteção e dos cuidados como num jardim, por isso o nome Kindergarten. A expressão se impôs em todo o mundo, inclusive no inglês.

Nascido em 21 de agosto de 1782 na Turíngia como filho mais novo de um pastor luterano, Friedrich Wilhelm August Fröbel teve sua infância marcada pela ausência da mãe, que morreu quando ele tinha nove meses.

Curioso e inteligente, aos 10 anos mudou-se para a casa do tio para poder continuar estudando. Depois de concluir a escola, em princípio dedicou-se à técnica florestal, depois estudou em Jena, tendo sido ainda agricultor, secretário particular, professor e assistente de Pestalozzi na Suíça, de quem foi o aluno mais brilhante.

Suas ideias reformularam a educação

Somente aos 30 anos de idade, em 1817, fundou uma escola de ensino fundamental para seus sobrinhos, na cidade de Griesheim. As crianças eram consideradas plantinhas de um jardim, cujo jardineiro era o professor. Em 1826, publicou sua obra principal Menschenerziehung (A educação do ser humano).

Para ele, a escola é o lugar onde a criança deve aprender as coisas importantes da vida, os elementos essenciais da verdade, da justiça, da personalidade livre, da responsabilidade, da iniciativa, e não por meio dos estudos, mas por meio da vivência. Para possibilitar esse aprendizado, Fröbel via os brinquedos, o trabalho manual e o estudo da natureza como processos espontâneos na criança e, ao mesmo tempo, meios educativos.

Partindo dos interesses e tendências inatos na criança para a ação, o jardim de infância deve ajudar os alunos a se expressar e a se desenvolver. Para Fröbel , a aquisição de conhecimentos deve ser considerada em segundo plano, o mais importante é basear-se na evolução natural das atividades infantis. O objetivo do ensino deve ser sempre extrair mais do homem do que colocar mais e mais dentro dele.

Ser humano é essencialmente dinâmico e produtivo

O criador dos jardins de infância defendia que o verdadeiro desenvolvimento advém de atividades espontâneas e, embora o brinquedo seja importante no desenvolvimento inicial da criança, ele deve desenvolver sua imaginação. Além disso, os currículos das escolas devem basear-se nas atividades e interesses de cada fase da vida da criança, dizia o educador.

Ainda hoje, sua teoria continua moderna. Fröbel foi o primeiro educador a enfatizar o brinquedo, a atividade lúdica, a apreender o significado da família nas relações humanas. Para ele, por exemplo, a história contada pela professora deve ser expressa pela criança "não somente na sua própria linguagem, mas por meios de canções, representações, figuras ou construção de objetos simples com papel, barro ou outro material".

A ideia mais luminosa com que Fröbel contribuiu para a pedagogia moderna foi a de que o ser humano é essencialmente dinâmico e produtivo e não meramente receptivo: "O homem é uma força autogeradora e não uma esponja que absorve conhecimento do exterior".

"A criança não deve ser iniciada em nenhum novo assunto enquanto não estiver madura para ele", defendia o iniciador dos jardins de infância. O primeiro Kindergarten do mundo foi inaugurado a 28 de junho de 1840, em Bad Blankenburg, no leste alemão. Fröbel faleceu a 21 de junho de 1852, em Bad Liebenstein.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos